O mundo acadêmico é extremamente heterogêneo. As salas de aula das universidades estão repletas dos mais variados tipos de pessoas. Cada uma com sua própria personalidade e com sua maneira de aprender.

Alguns têm mais facilidade de aprendizado, enquanto outros têm de se esforçar um pouco mais para fixar o conteúdo. Mas o que faz alguém ser um bom estudante universitário?

Muito mais do que um bom desempenho acadêmico e inteligência, o que caracteriza um bom aluno são as atitudes que ele toma a fim de promover um melhor aproveitamento do que é ensinado nas aulas. Essas atitudes são muito pessoais e variam imensamente.

Dessa maneira, padronizações ou modelos a serem seguidos quando se deseja ser um bom aluno costumam não funcionar. Cada pessoa sabe melhor do que ninguém como funciona seu próprio processo de aprendizagem, não é mesmo?

Entretanto, algumas atitudes e comportamentos costumam ser comuns à maioria dos estudantes considerados bons alunos. Abaixo, listamos 10 características inerentes a um bom estudante universitário para você se inspirar.

1. Frequenta as aulas

Essa característica parece bem óbvia, mas tem muita relevância. Alunos que frequentam as aulas ficam por dentro do que está sendo passado na matéria, ficam sabendo de alterações em datas de provas e trabalhos e não perdem nenhuma avaliação.

Além disso, criam uma relação mais sólida com o professor e com os colegas, o que pode ser muito proveitoso na hora de estudar e tirar dúvidas.

2. Presta atenção

De nada adianta frequentar as aulas e não prestar atenção em nada do que está sendo discutido em sala. Pense no momento da aula como uma oportunidade de estudar atentamente algum assunto por algumas horas, tendo como suporte um especialista no assunto (o professor!) para tirar suas dúvidas.

Ficar atento às aulas é muito válido, principalmente, para pessoas que têm uma rotina muito atribulada fora do ambiente acadêmico e possuem dificuldades em encontrar tempo para estudar quando não estão na universidade.

3. É participativo

Um bom aluno, geralmente, tem o costume de participar das aulas, com perguntas, opiniões e assuntos propostos em discussões. Isso enriquece o aprendizado e amplia sua capacidade de refletir e formar suas próprias opiniões sobre determinado assunto.

4. Nunca fica com dúvidas

Ficar com dúvidas, por mais boba que ela possa parecer, não é nem um pouco proveitoso se você deseja ser um bom aluno.

Se você é muito tímido para expressá-las em voz alta, na frente de toda a classe, tire-as com o professor ou com algum colega, em particular, antes ou depois da aula. Mas, lembre-se: a sua dúvida pode ser a mesma de muita gente Enfrente o medo de julgamentos e pergunte.

5. Faz todas as tarefas e atividades propostas

Por mais chato e maçante que um trabalho ou tarefa possa parecer, eles acabam sim, por contribuir em seu aprendizado, mesmo que seja para realizar uma análise crítica sobre o assunto.

O bom aluno sabe disso e realiza tudo o que é proposto pelo professor.

6. Tem uma rotina de estudos

Todo mundo sabe que, no fim do semestre, as provas, os trabalhos e os seminários se acumulam e sua vida pode virar um caos se você não se organizar previamente. Tenha uma rotina de estudos organizada, com metas que você possa cumprir diariamente.

Não precisa se comprometer a estudar 5 horas todos os dias, pois isso não é viável e você acabará desistindo e ficando frustrado. Mas tire um tempinho todos os dias pra organizar seus materiais, ver os pontos nos quais tem dificuldade e adiantar algumas tarefas. Quando a época de provas chegar, você não se arrependerá de ter feito isso.

7. Usa a internet como ferramenta

Todos sabemos o quanto a internet, com suas milhares de informações e compartilhamentos irrelevantes (mas viciantes) nas redes sociais, pode tomar nosso tempo e atrasar nossa vida. Porém, se bem utilizada, a internet é uma ferramenta que auxilia seu aprendizado.

Da mesma maneira que é um meio repleto de coisas que nos distraem, ela também possui inúmeros recursos, como softwares, blogs, videoaulas e grupos de discussão dos mais variados assuntos, disponíveis gratuitamente.

Obviamente, não é necessário abdicar de seus momentos de distração diária na internet, mas que tal diminuir o tempo que você gasta nisso e usá-lo para ler um artigo interessante, que tenha a ver com o que você estuda, por exemplo?

8. Tem um hobby

Não fique o dia todo em cima dos livros. O cérebro tem a necessidade de descansar e sua capacidade de aprendizado aumenta consideravelmente com novos estímulos. Dedique algumas horas por semana a fazer o que lhe dá prazer, seja um exercício, tocar um instrumento, jogar videogame, fazer artesanato ou ir ao cinema com os amigos.

9. Mantém uma rotina saudável

Nosso corpo é uma máquina incrível, mas que precisa estar bem cuidada para funcionar em seu pleno potencial.

Se deseja ser um bom aluno, sempre com o cérebro afiadíssimo e pronto pra absorver novas informações, tente manter uma alimentação saudável, praticar exercícios de 2 a 3 vezes por semana e dormir, no mínimo, 8 horas por noite.

10. Possui metas futuras reais e promissoras

Algumas pesquisas já comprovaram que estudantes universitários que estabelecem metas futuras realizáveis para suas vidas possuem maior desempenho acadêmico. Manter o foco em algo que você deseja realizar lhe mantém otimista e mais focado na conquista de seus objetivos. E, como consequência, você se torna um aluno melhor e mais empenhado.

Você já refletiu sobre como se imagina depois da universidade? Que tipo de vida quer ter? Onde quer trabalhar? E, principalmente, como deseja alcançar isso? Determinar suas metas para o futuro, escrevê-las em um papel e deixá-las sempre à vista pode ser uma maneira de instigar você a se esforçar mais e conseguir seus objetivos.

Possui alguma dessas características de um bom estudante universitário? Tem alguma para acrescentar à nossa lista? Fique à vontade para comentar aqui!