Com o mercado de trabalho cada vez mais competitivo, cada uma das decisões que você toma enquanto está na faculdade é capaz de fazer diferença na sua vida profissional. Além de ser um bom estudante e de se envolver nas atividades acadêmicas, é preciso investir em outros idiomas, estágios profissionais e cursos de capacitação que contribuam para a sua formação profissional.

Se você está cursando a faculdade e quer se preparar para encarar o mercado de trabalho com um bom currículo, confira as atividades complementares que vão te ajudar a chegar lá!

1. Estágios profissionais

Os estágios são uma atividade complementar muito importante para uma carreira de sucesso. Além de ser uma oportunidade de conhecer melhor o seu campo profissional, trata-se de uma importante etapa de aprendizado que contribui para o seu amadurecimento.

Ao trabalhar ao lado de profissionais mais experientes, você tem a oportunidade de aprender o dia a dia da profissão que você escolheu e de começar a colocar em prática o aprendizado em sala de aula. Além disso, fazer estágios em boas empresas é uma ótima maneira de enriquecer o seu currículo para encontrar um bom emprego depois de se formar.

Outra vantagem para quem está nos períodos finais do curso é que muitas empresas têm a prática de contratar estagiários como funcionários efetivos depois de se formarem, sendo, portanto, uma boa maneira de abrir as portas para a sua carreira profissional na reta final da faculdade.

2. Empresa Júnior

As empresas juniores, criadas dentro dos cursos de graduação, são uma excelente oportunidade para quem deseja conhecer melhor o mercado de trabalho e tem o espírito empreendedor.

Em geral, as empresas juniores possibilitam que o aluno atue em diferentes áreas para conhecer bem as funções que o seu curso de graduação o prepara para exercer. Além de ser uma boa forma de trabalhar em equipe e conhecer melhor a profissão, estas iniciativas contribuem para que o jovem aprenda a ter responsabilidade, a cumprir prazos e a estabelecer metas — competências muito importantes para a vida profissional.

A empresa júnior também é uma alternativa para quem faz faculdade em tempo integral — pois há flexibilidade de horários — e para quem faz cursos de graduação que não permitem o estágio na rotina.

3. Pesquisa

As atividades de pesquisa acadêmica estão entre as mais valorizadas para o currículo, uma vez que sinalizam o comprometimento do estudante em colocar em prática os conceitos aprendidos em sala de aula e ajudam e desenvolver o pensamento crítico.

Essa atividade é muito valorizada por programas de pós-graduação stricto sensu, como mestrado e doutorado. Mesmo para alunos que não estão interessados em ingressar em um mestrado após a faculdade, a pesquisa é uma excelente opção para o aluno se engajar com o corpo docente, participar de atividades e congressos acadêmicos e aprender a desenvolver trabalhos científicos de acordo com seus interesses.

Em geral, as faculdades possuem grupos de pesquisa coordenados por membros do corpo docente, que são os responsáveis por selecionar alunos de graduação para bolsas de iniciação científica.

4. Monitoria

Alunos estudiosos que querem se envolver mais com a própria faculdade podem apostar em bolsas de monitoria. Na monitoria, você se aproxima dos professores e tem a oportunidade de ajudar colegas de outros períodos na disciplina — o que não só é uma forma diferente de aprender, mas também contribui para desenvolver suas habilidades de comunicação e a fixar o aprendizado.

Essa é uma das atividades complementares mais fáceis de encaixar na sua rotina de estudos, uma vez que a monitoria acontece dentro das faculdades e a carga horária tende a ser flexível para se adaptar aos demais compromissos acadêmicos do aluno.

5. Intercâmbio

O intercâmbio cultural é uma das atividades mais interessantes para quem deseja incrementar o currículo, ser fluente em uma segunda língua e, ainda, conhecer uma nova cultura. Não é à toa que a vivência em outro país é muito bem avaliada por recrutadores.

A experiência internacional contribui para o amadurecimento e é uma excelente atividade complementar para quem está na faculdade. Se possível, dê preferência para programas de intercâmbio acadêmico, entre universidades, para ter a oportunidade de estudar fora do país. Se estiver apertado para pagar, há também opções de intercâmbio para trabalhar, que te ajudam a financiar a viagem.

6. Curso de Idiomas

Atualmente, ser proficiente em uma segunda língua é um excelente investimento para quem deseja seguir uma carreira profissional bem-sucedida. Com a presença cada vez maior das grandes multinacionais no Brasil e a internacionalização das nossas empresas, a boa fluência em inglês ou em espanhol é um pré-requisito para bons cargos em muitas empresas.

Muitas universidades oferecem cursos de idiomas como atividades complementares e também há plataformas digitais que oferecem cursos gratuitos para quem deseja aprender uma nova língua.

7. Voluntariado

Ser voluntário em projetos sociais é uma boa forma de contribuir com a sua comunidade e fazer o bem para outras pessoas. Além de promover a realização pessoal, o trabalho voluntário é muito bem avaliado no currículo profissional.

Para se envolver em atividades complementares de voluntariado, basta encontrar um projeto ou uma causa social que seja importante para você. De maneira geral, os projetos sociais estão sempre abertos para receber pessoas interessadas em se tornar voluntárias.

Embora nem sempre as atividades de voluntariado sejam relacionadas à profissão que você vai exercer ao se formar, recrutadores garantem que a experiência é importante para a formação social e cultural dos jovens profissionais.

Essas sete atividades complementares são de grande importância para a sua formação pessoal, social e profissional. Antes de escolher uma dessas atividades complementares ou mesmo de se candidatar a um estágio ou intercâmbio, procure a coordenação do seu curso de graduação para se orientar a respeito das suas responsabilidades com a faculdade.

Em muitos cursos, atividades complementares como estágio, monitoria, iniciação científica e empresas juniores podem contar para os créditos necessários para se formar. Para destacar o seu currículo em meio a um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, vale investir na sua formação profissional e aproveitar ao máximo o período de faculdade para se preparar.

Se você está na faculdade e já fez alguma atividade desta lista ou está pensando em se engajar em atividades complementares, compartilhe conosco a sua experiência nos comentários!