Uma das grandes dificuldades de todo estudante é aprender a memorizar. E, muitas vezes, apesar de ter estudado a matéria, ele não consegue lembrar das respostas na hora da prova. O problema é bastante comum, afinal, é tanta coisa para estudar que parece impossível lembrar de tudo!

Na verdade, você pode evitar os famosos esquecimentos usando algumas técnicas de memorização. Preparamos esta lista com as melhores dicas para você aprender a memorizar o conteúdo estudado de uma vez por todas! Confira:

1. Planeje seus estudos

Uma das coisas que podem estar atrapalhando a sua memorização é a falta de planejamento. Assim, como ninguém entra em um campeonato sem planejar uma estratégia de jogo, você também não deve estudar sem ter um plano! 

Uma boa maneira de fazer esse planejamento é criar um cronograma de estudos. Para isso, identifique quanto tempo você tem livre por dia para estudar. Depois, anote quais matérias precisam ser estudadas — seja para uma prova específica ou para um vestibular.

Por fim, basta dividir as matérias pelo número de horas livres, dando ênfase àquelas com peso maior e às que você tem mais dificuldade. Siga sempre esse cronograma e você terá a garantia de que estudou tudo o que deveria e tanto quanto podia! 

2. Prepare-se para estudar

Para ter um estudo de qualidade, não basta apenas sentar em qualquer lugar, abrir os livros e começar a ler. Na verdade, fatores como a escolha do local de estudos e, até mesmo, o seu estado mental fazem toda a diferença no resultado final! Essa dica pode até parecer frescura, mas pare para pensar: como você conseguirá memorizar o conteúdo, se você estudou em um ambiente superbarulhento e com várias distrações? 

Escolha um canto silencioso da sua casa e o mantenha sempre limpo, bem-arrumado e iluminado. Esse será o seu local de estudos. Depois, elimine todas as distrações: celular, computador, televisão etc. Assim, sua atenção será toda focada no conteúdo e você conseguirá se lembrar de tudo com mais facilidade! 

3. Faça resumos

Os resumos são uma das táticas mais famosas para memorizar o que foi estudado. Essa é uma ótima maneira de treinar a memória, já que força o estudante a ter uma postura mais ativa no seu processo de aprendizagem. Isso porque, para fazer os resumos, não basta ficar só na leitura: é preciso entender o que foi lido, identificar as informações mais importantes e, depois, colocar tudo no papel de uma forma bem abreviada e instrutiva. 

É importante lembrar que é o processo de compreender e resumir as informações que faz a tática funcionar, portanto, nada de só copiar trechos do livro, ok?

4. Crie simplificações

Em muitos casos, é difícil memorizar o que foi estudado porque a matéria é muito grande ou muito complicada. Para resolver esse tipo de problema, você pode tentar criar simplificações, como siglas, que o ajudarão a lembrar do conteúdo na hora de uma prova — afinal, é muito mais fácil lembrar de uma abreviatura do que de um monte de palavras, não é?

Se você estuda Direito, por exemplo, e quer lembrar dos princípios aplicados à Administração Pública (legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência), você pode pegar a primeira letra de cada um deles e formar a palavra LIMPE. Bem mais fácil de recordar, não é? O legal é que mesmo que você não consiga lembrar de todos os termos imediatamente, ainda é fácil deduzir, já que você sabe pelo menos a primeira letra de cada um!

5. Ensine outras pessoas

Outra ótima maneira de memorizar o que você estudou é ensinar para outras pessoas. É claro que pode parecer estranho tentar explicar o conteúdo para alguém enquanto você mesmo ainda está tentando aprendê-lo. Não se preocupe com isso! Essas “aulas”, na verdade, são só uma forma de forçar você a explicar com outras palavras o que entendeu da matéria.

Fazendo isso, o seu cérebro sai da inércia de ficar apenas na leitura passiva e realmente começa a entender e gravar as informações que foram lidas.

6. Resolva questões para aprender a memorizar

Um erro bastante comum entre os estudantes é ficar só na leitura, sem reservar um tempo para resolver exercícios sobre a matéria estudada. Acontece que não adianta nada ler o conteúdo apenas uma vez, sem retomá-lo ou ver como ele é aplicado na prática, não é mesmo?

Por isso, é importante resolver questões para uma boa memorização! Dessa maneira, o seu cérebro é forçado a retomar o conteúdo estudado, o que ajuda a criar uma memória de longo prazo. Além disso, os exercícios auxiliam a identificar os seus pontos fracos (ou seja, aqueles temas que você precisa estudar mais).

Assim, ao final de cada ponto estudado, tente fazer alguns exercícios para ver se você realmente entendeu a matéria.

7. Revise o conteúdo estudado

Como já falamos lá em cima, não adianta de nada querer lembrar do que foi estudado se você leu aquilo apenas uma vez e nunca mais viu o assunto na vida. Para realmente memorizar a matéria, é importante revisar o que foi estudado. Dessa maneira, a primeira leitura servirá apenas para introduzir a matéria, enquanto as próximas realmente vão ajudar a fixá-la de maneira permanente.

É claro que é impossível reler toda a matéria, afinal, é muita coisa para ler e reler várias vezes! Mas você pode fazer suas revisões com os resumos que você já elaborou, seguindo a dica 3! 

8. Faça pausas

Por fim, uma dica essencial, mas que é muito negligenciada pelos estudantes: faça pausas durante os estudos! O seu cérebro só consegue manter a concentração e reter informações até um certo limite de tempo. Se você ultrapassar esse limite, terá estudado à toa, já que dificilmente conseguirá lembrar do que foi lido. 

Por isso, é importante dar um tempinho entre uma página e outra. Quando perceber que está ficando cansado e perdendo a concentração, pare e descanse por 15 minutos (no máximo!). Você vai ver como isso faz toda a diferença na memória! 

Gostou das nossas dicas? Deixe seu comentário com a sua opinião e nos conte se você tem alguma outra tática para memorizar o que foi estudado!