Sabemos que a vida de universitário é repleta de desafios. Decidir qual carreira seguir, escolher uma boa faculdade, passar no vestibular — e, depois de vencer tudo isso, se sustentar, pagar a faculdade e as despesas necessárias para a realização desse sonho!

Mas, se o universo acadêmico traz desafios, ele também proporciona oportunidades para vencê-los. E uma delas é aproveitar para ganhar dinheiro extra enquanto estiver na faculdade, o que, além de ajudar com as despesas, pode abrir portas e te proporcionar um treinamento em atividades que serão uteis na sua carreira.

Afinal, a prática leva à experiência, um requisito essencial para a valorização do profissional, graduado ou em processo de formação. Por isso, confira agora estas 8 maneiras de ganhar dinheiro extra e adquirir novas habilidades na faculdade!

1. Monitoria

Além de lhe gerar renda, essa experiência fantástica trará a oportunidade de ajudar outros alunos, aumentando seu networking, proporcionando destaque e reconhecimento — tanto na faculdade quanto de prováveis recrutadores para vagas de estágio ou emprego.

Também, a prática da monitoria aperfeiçoará sua capacidade de comunicação e apresentação de soluções — requisitos fundamentais para todo profissional, independentemente da carreira escolhida.

E, se um de seus objetivos é seguir a carreira acadêmica, esse treinamento ainda desenvolverá em você as habilidades necessárias para sua formação prática, permitindo conhecer e ajudar a solucionar as dificuldades que um estudante enfrenta no dia a dia.

2. Aulas particulares

As matérias que você domina também podem lhe gerar algum dinheiro extra. Até porque as aulas particulares não precisam se limitar aos seus colegas de faculdade, mas podem se estender para fora do campus.

Não é difícil encontrar alunos de ensino médio, por exemplo, que precisem de reforço em matemática, português, biologia ou outras matérias das quais você tenha domínio. Basta algum esforço na divulgação e, obviamente, um preço competitivo em relação às ofertas concorrentes.

Assim, uma vez iniciado nesse projeto, sua dedicação será fundamental para a divulgação do seu trabalho e, consequentemente, para mais alunos e mais possibilidades de ganhar dinheiro extra.

3. Redator freelancer

Em virtude da necessidade de empresas em diversos segmentos de se comunicarem com o seu público, oferecendo conteúdo de qualidade e relevância, as oportunidades para redator freelancer vêm crescendo cada vez mais.

Portanto, se você gosta de escrever, tem boa redação e gramática, e se preocupa em melhorar sempre, essa é uma atividade que deve ser considerada.

No geral, os horários são flexíveis, e você só precisa se candidatar em agências do segmento, alcançar uma certificação — geralmente, após realizar um breve curso gratuito — e procurar tarefas que melhor se enquadrem no seu estilo de escrita e áreas de interesse, para que a redação flua mais naturalmente.

Com o tempo, você também pode escrever sobre outras áreas. Para isso, bastará pesquisar bastante sobre o assunto — além de lucrativa, uma atividade enriquecedora.

4. Revisor de trabalhos e monografias

Se as suas habilidades de redação, elaboração de pautas, revisão gramatical e ortográfica forem reconhecidamente boas, esse é um trabalho que poderá lhe proporcionar boa renda, além de interação com a sua classe e outros estudantes do campus.

Afinal, muitos alunos assimilam a matéria mas não têm as mesmas habilidades que você em termos de expressão de ideias, soluções e respostas a questionamentos.

É preciso, entretanto, ter muito cuidado para não elaborar ou reescrever os trabalhos e monografias, respeitando a exposição das ideias do colega e preservando o conteúdo que reflete seu aprendizado.

Além disso, é fundamental pesquisar o código de conduta e de procedimentos da faculdade para saber se existem regras específicas relativas a esse assunto. Se houver, siga-as.

5. Compartilhar anotações

Caso o seu desempenho em determinada matéria esteja muito acima da média, existe um tesouro valioso para estudantes com algumas dificuldades: suas anotações.

Grosso modo, as anotações são um resumo da matéria aprendida, e funcionam como atalhos para o objetivo final, que é a assimilação do conteúdo. Tudo isso seguindo uma linguagem própria, que se identifica com os demais alunos.

Assim, você poderá oferecer uma compilação das suas anotações sobre uma ou mais matérias, como forma de facilitar a compreensão do conteúdo. E, para valorizar ainda mais o seu esforço e serviço prestado, acrescente outras referências que tragam ainda mais valor e facilidade de assimilação do conteúdo.

Mas tenha o cuidado de oferecer não só as anotações, e sim um serviço: seja um facilitador do aprendizado, que agrega informações por meio de linguagem com maior identificação com seu público, e esteja pronto a prestar ajuda caso seja necessária.

6. Elaboração de apresentações

Elaborar uma apresentação sofisticada é tarefa simples e prazerosa para você? Pois essa habilidade também pode lhe render uma grana extra!

Alguns alunos têm muita dificuldade nessa área, e pouco interesse em aprender sobre isso. Geralmente, esses alunos conseguem elaborar um conteúdo excelente em seus trabalhos, mas falham na apresentação e criação de gráficos, por exemplo.

Assim, como o mercado valoriza muito a apresentação, além de ganhar dinheiro extra você estará se aperfeiçoando para a carreira, independentemente da área escolhida.

7. Marketing digital

Existe uma alta demanda para criação de lojas virtuais, websites e blogs. Quanto a isso, muitos empreendedores desenvolvem bem as suas ideias, mas não têm as habilidades necessárias para iniciar um negócio virtual, um blog ou mesmo o site da empresa.

Então, se você estuda ou já desenvolveu pequenos trabalhos na área, oferecer seus serviços ao mercado poderá lhe trazer resultados inesperados.

E o mais interessante é que, dentro da própria faculdade, você poderá encontrar clientes potenciais. Em um universo fervilhando de ideias novas e empreendedoras, muitos dos seus clientes podem estar sentados ao seu lado, ou na sala mais próxima!

Se a sua experiência abrange SEO — Otimização de Mecanismos de Busca —, seus serviços poderão se estender ainda mais, para fora da faculdade, em direção a empresas que precisam ser vistas e encontradas, mas que não podem contratar uma agência já consolidada nesse segmento.

8. Manutenção de software e pequenos reparos em hardware

Por fim, essa opção é específica para quem estuda ou tem habilidades nessa área. E, apesar de concorrido, o mercado para esse serviço é imenso e cheio de oportunidades.

Afinal, qualquer pessoa que senta ao seu lado na sala de aula, na lanchonete, no restaurante, no ônibus ou no metrô possui um tablet, um computador ou um notebook que, um dia, poderá precisar desse serviço.

Nesse caso, um bom networking poderá lhe trazer alguns clientes, mas a divulgação é sempre necessária.

Outra maneira de conquistar clientes é oferecer ajuda, sem cobrança inicial, em serviços que não te demandam muito tempo, como forma de mostrar a qualidade do seu trabalho. Mas deixe bem claro que a gratuidade é só no primeiro serviço.

Algumas empresas menores, inclusive, não contratam profissionais de TI nem empresas de manutenção para esse tipo de serviço. Assim, uma busca apurada poderá lhe render alguns clientes, e o trabalho bem-feito se encarregará de fidelizá-los.

Enfim, como vimos, são inúmeras as oportunidades de ganhar dinheiro extra enquanto estiver na faculdade. Mas as possibilidades são mais amplas e promissoras quando se pensa que, além da renda extra, essas atividades estarão lhe preparando para sua carreira, acrescentando experiências diversas e contribuindo para um extenso networking.

Então, agora que você percebeu tantas oportunidades em seu futuro universo de estudos, prepare-se para aproveitar o máximo esse período, usufruindo de tudo que puder com intensidade e determinação!

E aí, gostou do nosso post? Então, aproveite para conferir também estas 7 dicas para se tornar um calouro universitário de sucesso!