A escolha de uma carreira profissional é uma das decisões mais importantes da vida de um estudante e, por isso, é importante ter a certeza de seus objetivos antes de começar uma graduação.

Para isso, existem testes vocacionais e palestras que você pode fazer para conhecer um pouco mais de cada profissão, o que cada uma delas exige e o que pode oferecer aos profissionais que a escolhem como carreira.

No entanto, optar por uma formação não é a única decisão importante que você deverá tomar. Após escolher uma área que pretende atuar, ainda há a possibilidade de escolher o tipo de graduação mais adequado para você.

Quer entender um pouco melhor? Leia nosso post de hoje.

O que é uma graduação

Uma graduação se trata de uma formação profissional completa que uma pessoa conquista após um determinado período de estudo. Ela é essencial para qualquer um que queira ingressar no mercado de trabalho tendo uma boa bagagem de conhecimento e práticas referentes à área escolhida.

Entre elas, pode-se encontrar cursos ligados às áreas de humanas, de exatas e de biológicas, cada uma com suas matérias específicas e com cargas horárias diferenciadas. O estudante que ingressa em uma graduação é chamado de universitário.

Hoje em dia, de acordo com o Ministério da Educação (MEC), existem três tipos de graduação que podem ser realizadas, sendo cada uma delas destinada a um tipo de especialização. São elas: bacharelado, tecnológico e licenciatura.

Saiba um pouco mais sobre cada uma delas, quais suas principais características, sua duração média, o público a quem se destinam e escolha a que melhor se encaixa com suas ambições.

Tipos de graduação

Bacharelado

Sendo o mais tradicional e conhecido de todas as graduações, o bacharelado é um curso que capacita pessoas para que elas sejam aptas a trabalharem em uma área de sua formação. Por exemplo, se você faz Jornalismo, se torna capacitado a atuar como redator, jornalista, repórter, social media e outras profissões que compõem esse meio.

O bacharelado é um curso amplo e com matérias abrangentes, que ensina ao aluno cada modalidade competente à área escolhida por ele, o que permite que ele possa conhecer um pouco de cada atividade que pode ser exercida dentro da profissão desejada.

Dessa maneira, ele sairá da graduação apto a ingressar no mercado de trabalho como um profissional bem treinado e qualificado. Além das aulas em classe, na maioria dos casos, o aluno de bacharelado também precisará realizar um estágio em sua área enquanto estiver cursando a graduação.

Público destinado

Por possibilitar o contato com diversas modalidades de uma área, o bacharelado é indicado para jovens que querem começar uma carreira e que ainda não têm tanta certeza em que profissão exata querem atuar.

O bacharelado também é indicado para profissionais que estão insatisfeitos com sua atual área de atuação e pretendem conhecer novos cursos que sejam mais adequados ao seu perfil ou anseios profissionais.

No decorrer do curso, o aluno poderá formar sua opinião sobre cada variante de sua profissão e, futuramente, poderá focar em uma só modalidade por meio de uma Pós-Graduação ou MBA.

Tempo de duração

O bacharelado pode durar de quatro a seis anos, dependendo do curso escolhido. Uma exceção é a graduação de Medicina que, por ser mais ampla e por demandar mais horas de estudos, pode levar de oito a nove anos para ser concluída.

Cursos Tecnológicos

Os cursos superiores tecnológicos também são um tipo de graduação, porém, ao contrário do que muitos pensam, são bem diferentes dos cursos técnicos.

Além de serem considerados uma graduação, eles são responsáveis por capacitar pessoas para trabalharem em áreas específicas do mercado e, diferentemente do bacharelado, suas matérias são focadas. Dentre os cursos dessa área, você poderá encontrar Gastronomia, o Comércio Exterior, a Gestão Ambiental, a Logística, por exemplo.

Público destinado

Os cursos tecnológicos são indicados para pessoas que já sabem em que área querem atuar e que estão prontas para exercerem uma profissão específica. Eles também são adequados para profissionais que já estão em uma área e querem ter mais conhecimento sobre alguma modalidade específica dentro de sua profissão.

Tempo de duração

Os cursos tecnológicos, por serem mais focados do que as demais opções, são mais enxutos e duram de duas a três anos, dependendo do curso escolhido.

Licenciatura

A licenciatura se trata de um curso superior indicado para aquele profissional que busca dar aulas. Suas matérias, apesar de serem específicas, capacitam o estudante para que ele possa repassar conhecimento de uma maneira pedagógica.

Além disso, ele também receberá treinos e técnicas para poder lidar com seus alunos e encontrar maneiras de ensiná-los de uma maneira didática e efetiva. Suas matérias práticas e teóricas treinam esse profissional para que ele saia do curso apto a ser um professor do ensino básico, como o fundamental e o médio.

Entre as licenciaturas, você irá encontrar, por exemplo, cursos de Pedagogia, de Ciências Naturais, de Matemática, de Biologia, de Química e de Física. Assim como no bacharelado, esses estudantes também precisam realizar estágios em sua área durante o curso, pois isso contará como matéria prática para que eles se tornem mais capacitados a darem aulas como profissionais bem treinados.

Público indicado

As licenciaturas são indicadas para aquelas pessoas que querem seguir uma carreira de professor em escolas do ensino básico, independente da matéria escolhida.

Tempo de duração

A licenciatura pode levar de três a quatro anos e meio para ser concluída, dependendo do curso escolhido pelo estudante.

Após escolher o tipo de graduação mais adequado ao seu perfil, é necessário contar com uma instituição de ensino que seja renomada no mercado e que tenha reconhecimento por qualificar profissionais com excelência.

Escolha uma faculdade com uma boa infraestrutura, um corpo docente qualificado e que caiba no seu orçamento. Combinando uma boa instituição com uma decisão adequada de curso de graduação, você fica a alguns passos de um futuro profissional de sucesso.

O que fazer depois da graduação

Depois de identificar o melhor tipo de graduação, optar pelo curso que mais tem a ver com os seus sonhos e finalmente se formar, acabaram-se seus dias em sala de aula, certo? Errado!

Ao longo de todo esse processo, é muito provável que você acabe encontrado assuntos dentro da sua área de atuação com que se identifica mais e que podem ser boas bases para você fundamentar uma carreira promissora. Nesse caso, é sempre possível ampliar o que foi aprendido, aprimorar os conhecimentos e se especializar nesses assuntos, garantindo uma atuação com excelência no mercado de trabalho.

Após a formatura, o ideal é identificar qual é o seu objetivo pessoal, profissional e acadêmico e investir em uma pós-graduação, que te permita crescer e atingir esse objetivo. Para isso, listamos algumas alternativas que te farão crescer com mais facilidade na carreira que você tanto sonhou e que foi possível conquistar com seus esforços durante a graduação, selecionando as opções que se encaixam melhor no seu perfil.

Tipos de pós-graduação

No Brasil, a pós-graduação está dividida em dois tipos: o stricto sensu (do latim, que representa o sentido restrito), e o lato sensu (também em latim, que significa sentido amplo). No primeiro grupo estão as pós-graduações como mestrado, doutorado e pós-doutorado, enquanto no lato sensu figuram as especializações e os MBAs.

Para quem almeja seguir um futuro acadêmico voltado à pesquisa, é recomendado buscar por pós-graduações stricto sensu, ou seja, optar por programas que buscam formar pesquisadores e professores, visando ampliar seus conhecimentos no meio universitário e científico.

As características desse modelo são a dedicação acentuada, por vezes exclusiva, com necessidade de presença em congressos, palestras e simpósios, além da elaboração de uma tese de pesquisa ao final do curso.

Já para aqueles que visam alcançar o aperfeiçoamento profissional para atuar no mercado de trabalho, é mais recomendável a opção lato sensu, que direciona o aprendizado à aquisição de competências específicas e suas atuações na prática diária.

Essa é uma vantagem também para aqueles que querem aumentar o nível de empregabilidade, agregando vantagens no currículo. Esses cursos são caracterizados de forma geral pela menor duração e menor exigência. Eles permitem ser adequados à rotina de trabalho diário, oferecendo uma grade curricular flexível e que não compromete a vida profissional.

Master in Business Administration (MBA)

O MBA é um tipo de pós-graduação lato sensu e está voltado ao aprimoramento de habilidades no setor administrativo, área comumente conhecida como Business. Os cursos da área de Gestão e Negócios buscam estimular o desenvolvimento de uma visão estratégica em organizações e instituições e também do mundo corporativo.

Público destinado

Essa alternativa é mais procurada por profissionais que almejam cargos de comando em grandes empresas. Aqueles que optam por um MBA estudam assuntos voltados diretamente à aplicação profissional e à atualização na carreira, têm horários maleáveis e, ao fim do curso, obtêm o título de especialista na área escolhida.

Algumas opções de MBA são em Gestão Estratégica de Negócios, Gestão estratégica de Logística e Comércio Exterior e Negócios Internacionais.

Especialização

Também componente do lato sensu, a especialização está presente em todas as áreas do conhecimento, como Educação, Saúde e Comunicação. É a popularmente entendida como “pós” e se caracteriza por trazer aperfeiçoamento teórico e técnico a um determinado setor de atuação profissional, tendo um objetivo mais específico que a graduação

Público destinado

Para optar pelo melhor curso de especialização, é necessário avaliar a instituição assim como o corpo docente do curso, que deve ser composto por mestres, doutores e especialistas. Essa é uma ótima escolha para quem procura aprimorar e atualizar conhecimentos em um assunto específico e segmentado, adicionando um diferencial ao currículo sem ter que se dedicar por um longo período de tempo aos estudos.

Tempo de duração

Os cursos de especialização têm no mínimo 360 horas. De forma geral, são  sempre pagos, tanto em universidades públicas como privadas, por não serem consideradas atividades acadêmicas regulares.

Mestrado profissional

Essa modalidade está inserida no stricto sensu e seu objetivo é valorizar a pesquisa, promovendo a atualização e aprofundamento do conhecimento em determinado assunto. Porém, por estar voltado à formação profissional, essa opção garante muito mais que a formação de pesquisadores.

O objetivo desse tipo de mestrado é agregar competitividade e qualidade às empresas e organizações, ampliando o número de pessoal capacitado para o mercado e sua demanda. Além disso, esse curso de pós-graduação proporciona a livre docência em qualquer universidade brasileira, além de alto nível de qualificação.

Público destinado

O mestrado profissional é  indicado para aqueles que têm prazer em estudar e gostariam de lecionar, mas não almejam seguir carreira acadêmica.

Mestrado acadêmico

O mestrado acadêmico, por sua vez, é voltado para pessoas que procuram desenvolver pesquisas científicas ou progredir na carreira universitária. Também componente do stricto sensu, o mestrado dura em média 2 anos e pode ser estendido por mais 6 meses para a conclusão do projeto final.

É mediante a defesa da dissertação final que se obtém o título de mestre, que possibilita também atuar como docente.

Público destinado

Essa opção é ideal para quem tem interesse em aprofundar assuntos e a possibilidade de dedicar-se boa parte do dia aos estudos. Para essa modalidade, é interessante (e muitas vezes exigido) que o aluno tenha conhecimento em inglês e, se possível, em outra língua estrangeira, devido à constante troca de conhecimento entre pesquisadores do mesmo tema e de diferentes países.

Doutorado e pós-doutorado

O doutorado e o pós-doutorado são cursos de pós-graduação stricto sensu extremamente segmentados, que só podem ser realizados após o mestrado, como uma sequência de aprimoramento acadêmico. Sua procura é comum por pessoas interessadas pelo meio acadêmico e que pretendem ampliar pesquisas científicas.

Um aluno de doutorado ou de pós-doutorado deve ter bastante dedicação aos estudos, sendo muitas vezes necessário exclusividade. Uma das grandes diferenças entre eles e o mestrado é o nível de exigência, que se torna mais elevado à medida que o aluno se aprofunda na pesquisa.

Público destinado

Esses cursos são indicados aos professores por permitirem melhores qualificações acadêmicas, além de salários mais altos e ascensão profissional no âmbito universitário.

Agora que você já sabe tudo sobre o meio acadêmico, pode escolher entre os tipos de graduação e pós-graduação para atingir seu objetivo pessoal e profissional. Aproveite para curtir nossa página no Facebook e ficar por dentro de todas as novidades do mundo universitário!