Para quem está terminando ou até mesmo já terminou o ensino médio, é natural aparecer dúvidas sobre qual profissão seguir. Muitas são as opções em diversas áreas, desde ciências humanas, passando pelas exatas e chegando nos cursos da saúde. Se você se identifica com essa última área, por exemplo, há uma variedade de cursos disponíveis. Entre os mais procurados, estão a Medicina e a Enfermagem.

E você? Está pensando em fazer Enfermagem, mas não sabe muito bem como funciona? Neste post, vamos falar sobre a profissão, o que o curso de Enfermagem abrange, o que você vai estudar e como é o mercado de trabalho para quem vai ingressar na área. Confira!

O que é a Enfermagem?

O profissional de Enfermagem atua na promoção da saúde humana, protegendo, recuperando e reabilitando a saúde das pessoas. Entre suas funções estão prestar os primeiros socorros, administrar medicamentos, fazer curativos e coletar amostras para exames, além de poder auxiliar médicos em cirurgias.

Enfermeiros podem atuar em hospitais, unidades de saúde e clínicas, no atendimento a domicílio, em pesquisas, resgate de vítimas de acidente e gestão de equipes. Também trabalha na prevenção de doenças, sendo seu foco principal o cuidado ao paciente.

É importante que o profissional de Enfermagem tenha um perfil específico. Habilidades como paciência, ser delicado para lidar com as pessoas em momentos de fragilidade e saber trabalhar em equipe são essenciais para quem deseja seguir na área.

Em termos de remuneração, em São Paulo, por exemplo, o profissional de Enfermagem deve ganhar, no mínimo, R$ 2.450,39, segundo dados do Sindicato dos Enfermeiros de São Paulo (SEESP).

Como funciona o curso de Enfermagem?

O curso de Enfermagem faz parte da área das Ciências Biológicas e visa habilitar seus alunos para atuar de forma humanizada e ética no cuidado aos pacientes, e na promoção da saúde, tanto individualmente quanto de forma coletiva. O curso pode ser ofertado nas modalidades de bacharelado e de licenciatura.

O início do curso compreende mais as disciplinas teóricas. Já nos anos seguintes, o aluno pode ter matérias das áreas de Psicologia, Sociologia e Administração. No final do curso, o aluno começa a ver a profissão na prática, com aulas em laboratórios e atendimentos reais a pacientes.

As matérias e a ordem em que são cursadas podem variar de uma instituição para outra, mas todas seguem os parâmetros citados acima. Ao final do curso, o aluno deve realizar o estágio obrigatório, com supervisão de professores e enfermeiros. Dependendo da instituição de ensino, também precisará fazer o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

A graduação em Enfermagem possui duração média de quatro anos, de acordo com normas estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC). 

Principais disciplinas cursadas durante o curso de Enfermagem:

  • Técnicas de Enfermagem;
  • Psicologia;
  • Bioquímica;
  • Imunologia;
  • Fisiologia;
  • Anatomia Humana;
  • Farmacologia;
  • Patologia;
  • Microbiologia;
  • Administração de Medicamentos;
  • Biossegurança;
  • Genética;
  • Clínica de Enfermagem (atendimento real aos pacientes);
  • Enfermagem para a Saúde do Adulto;
  • Enfermagem Pediátrica;
  • Enfermagem Geriátrica;
  • Práticas da Enfermagem na Saúde Coletiva;
  • Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Como é o mercado de trabalho para o profissional de Enfermagem?

Depois de formado, o profissional de Enfermagem tem várias oportunidades de emprego à sua disposição. Mas, como as vagas são concorridas, o profissional precisa estar bem preparado, ou seja, deve saber aliar a teoria à prática ainda durante o curso e, se necessário, fazer cursos complementares para estar sempre atualizado.

Ele deve ser um profissional dedicado e ter um diferencial para conseguir o seu espaço. Uma boa opção para o futuro profissional é aproveitar o tempo de estágio ou de residência, pois é nesse período que pode exercitar tudo que aprendeu e ter a ajuda de um supervisor para aprender ainda mais sobre a profissão.

Os enfermeiros trabalham em conjunto com outros profissionais, formando uma equipe responsável pelo tratamento dos pacientes. Eles são uma espécie de peça chave e auxiliam médicos, técnicos de enfermagem, psicólogos, nutricionistas e administradores dentro de um hospital.

O profissional de Enfermagem pode atuar em outras áreas, como Pediatria, Dermatologia, Geriatria e Oncologia, nas quais são muito requisitados. Outra área que também tem empregado enfermeiros é o Programa Saúde da Família, criado pelo Governo Federal.

Além disso, o profissional pode trabalhar no setor de Auditoria, cuidando da parte de custo-benefício de medicamentos e equipamentos hospitalares.

Quais caminhos o profissional de Enfermagem pode trilhar?

Há outra opções que você pode seguir depois de formado. Conheça um pouco mais sobre alguns campos em que você pode atuar e veja qual deles combina mais com você:

1. Enfermagem de saúde pública

Atende pacientes em centros de saúde, hospitais, creches e escolas. Orienta a população sobre a prevenção de doenças e promove a saúde da coletividade. Também forma, capacita e supervisiona os agentes de saúde.

2. Enfermagem de resgate

Participa de equipes de salvamento de vítimas de calamidades públicas ou de acidentes.

3.Enfermagem do trabalho

Presta atendimento ambulatorial em empresas e acompanha programas de prevenção e de manutenção da saúde dos funcionários.

4. Enfermagem geral

Comanda equipes de técnicos e auxiliares de Enfermagem no atendimento aos pacientes.

5. Enfermagem médico-cirúrgica

Ministra cuidados pré e pós-operatórios em clínicas, prontos-socorros e hospitais.

6. Enfermagem obstétrica

Presta assistência integral às gestantes, parturientes e lactantes, com acompanhamento de pré-natal, realização de exames e auxílio ao médico no parto e no pós-parto.

7. Enfermagem pediátrica

Incentiva o aleitamento materno e orienta os pais quanto às técnicas e os cuidados com os recém-nascidos. Avalia e acompanha o crescimento e o desenvolvimento da criança. 

8. Enfermagem geriátrica

Atende idosos, doentes ou não, em domicílio, casas de repouso, hospitais e clínicas.

9. Assessoria e consultoria

Trabalha auditando procedimentos hospitalares de Enfermagem e auxilia na montagem de unidades de saúde.

10. Ensino

Orienta projetos de pesquisa e ministra aulas teóricas e práticas. Faz a gestão da qualidade, avalia e planeja os processos assistenciais, com o objetivo de aumentar a segurança dos pacientes.

11. Pesquisa clínica

O profissional planeja, coordena e implementa projetos de pesquisas clínicas, como o desenvolvimento de drogas e estudos epidemiológicos, em institutos de pesquisa, universidades e hospitais.

12. Gestão de projetos

Administra e controla as atividades destinadas a projetos multidisciplinares, como a abertura de uma ala hospitalar ou implementação de um novo protocolo em hospitais ou  clínicas.

Agora que você já conhece o curso de Enfermagem e em quais áreas o profissional dessa área pode atuar, ficou mais fácil decidir se vai seguir ou não essa carreira, não é mesmo?

Mas, se ainda ficou na dúvida, saiba por que você deve fazer uma faculdade de Enfermagem!