Com 77,74% dos votos nas últimas eleições municipais, Paulo Alexandre Barbosa foi reeleito para seu segundo mandato como prefeito da nossa querida cidade de Santos. O político do PSDB esteve à frente nas pesquisas desde o início da corrida eleitoral, com propostas como Santos Novos Tempos, que busca acabar com as velhas enchentes na região noroeste da cidade.

Mas é na educação que as promessas do prefeito de Santos ganharam maior força, reforçando o trabalho que o tucano vinha fazendo desde 2012. E se você quer saber quais são suas novas propostas e como elas buscam melhorar a qualidade da educação na cidade, acompanhe no nosso post que a gente te conta!

Projeto Aluno Ouvidor

Um dos projetos de Paulo Alexandre que já entra em vigor no início desse ano é o projeto Aluno Ouvidor. A ideia é tentar diminuir a distância entre a Ouvidoria Municipal e as escolas do município, buscando entender mais de perto quais são as demandas dos alunos e saber a opinião de quem vive o dia a dia nas escolas.

A proposta é que um aluno de cada escola seja eleito para representar o órgão de atendimento ao cidadão em sua unidade de ensino. Esse aluno será eleito por meio de votação popular em cada instituição de ensino e terá mandato de um ano. Ele será o representante da ouvidoria dentro da escola, e terá a responsabilidade de escutar os outros estudantes, recebendo suas solicitações, reclamações e elogios, para que sejam encaminhados à Ouvidoria.

Capacitação dos profissionais de ensino

Paulo Alexandre entende que a melhora do ensino em Santos depende da capacitação dos profissionais da educação. A proposta é, a partir de uma análise das necessidades de aperfeiçoamento dos profissionais da rede pública, fazer uma parceria com universidades e instituições especializadas para oferecer cursos de pós, mestrado e doutorado aos profissionais gratuitamente.

Além disso, o prefeito quer criar um grupo de trabalho que estude ações práticas para capacitação dos professores e para a melhora das suas condições de trabalho. Outra proposta é promover uma política de valorização do profissional de educação, oferecendo gratificação de desempenho educacional e plano de carreira aos professores.

Ampliação, reforma e construção de escolas e creches

Uma grande preocupação da prefeitura da cidade é com a oferta de vagas nas escolas e creches e com a qualidade das instalações das instituições. Para isso, Paulo Alexandre prometeu substituir gradativamente os prédios escolares que estão com instalações ultrapassados por novas construções e elaborar um plano de metas que busca garantir 100% de acessibilidade aos prédios escolares.

Novas licitações serão abertas para a construção e cobertura de quadras esportivas nas escolas, entendendo que o esporte é parte integral da formação do aluno. A substituição da rede de energia dos prédios antigos também está nos planos do prefeito, que busca possibilitar a instalação de aparelhos de ar-condicionado nas salas de aula e nos espaços escolares.

Para aumentar as vagas, a ideia é estabelecer convênios com organizações sem fins lucrativos e construir novas unidades, ampliando o horário de atendimento e criando as creches noturnas, para aqueles pais que trabalham durante esse período.

Aumento da permanência dos alunos na escola

Para aumentar a permanência dos alunos na escola, a prefeitura já conta com um programa de monitorias oferecendo aulas de reforço extra classe. Porém, para melhorar o projeto, será revista a situação dos monitores atuantes no programa e novas parcerias com universidades locais serão estabelecidas, oferecendo estágio remunerado para aqueles universitários que se interessarem em se tornar monitores.

Além disso, Paulo Alexandre quer mapear os locais com maior vulnerabilidade social para redimensionar o programa de escola em tempo integral naqueles lugares que possuem maior necessidade.

Programa Educatec

A inclusão digital é pauta recorrente nas discussões sobre a melhoria no ensino em todo mundo. É consenso que, nos dias de hoje, onde o aluno convive com ferramentas digitais diariamente fora da escola, é preciso também trazê-las para dentro da sala de aula e saber utilizar seus benefícios para melhorar o aprendizado.

O Programa Educatec tem como objetivo trazer a tecnologia para a escola. Ele prevê as seguintes ações, que deverão acontecer até o fim do segundo mandato de Paulo Alexandre:

  • Ampliar as políticas de inclusão digital aos profissionais da educação;

  • Executar obras de acessibilidade e modernização das instalações do Centro de Tecnologia Educacional – CTE;

  • Adquirir novos equipamentos para salas do CTE, como lousas digitais e terminais de computador;

  • Implantar um projeto de segurança e integração da comunidade escolar por meio de tecnologia de ensino à distância;

  • Distribuir notebooks e tablets para professores e especialistas de educação;

  • Equipar as salas de aulas com tablets para utilização no processo educativo;

  • Comprar softwares atualizados softwares para manutenção constante do sistema;

  • Adquirir programas de leasing em multimídias;

  • Instalar uma central de monitoramento das câmeras de segurança posicionadas nos portões de acesso das escolas e em espaços coletivos;

  • Estabelecer o controle de frequência digital para os alunos.

Aumento da oferta de cursos técnicos e profissionalizantes

Na visão do prefeito de Santos, a educação possui um papel fundamental em outra área: a geração de empregos. Com suas propostas, ele busca oferecer à população qualificação profissional, para que haja uma maior inserção no mercado de trabalho e redução do desemprego.

Para isso, Paulo Alexandre quer aumentar o número de vagas nas ETECs, utilizando mais de 400 salas livres em toda a cidade para oferta de novos cursos técnicos e profissionalizantes.

Junto a isso, o prefeito busca estender a atuação das ETECs para dentro dos morros, mediante parceria com o Governo do Estado e entidades do terceiro setor; e incentivar o empreendedorismo dos alunos de baixa renda, buscando aumentar a oferta de empregos para a população. 

Isso tudo porque o prefeito de Santos entende que é a partir da capacitação no nível básico e no ensino médio que o cidadão conseguirá chegar ao nível superior, tão importante hoje como qualificação profissional para quem quer conquistar melhores empregos. E é buscando melhorar a rede de escolas públicas municipais, creches e a capacitação dos professores da rede ensino que a cidade vai chegar lá.

Quer continuar vendo nossas dicas e saber muito mais? Curta nossa página no Facebook!