Muita gente quer trabalhar na área da saúde, mas não sabe muito bem qual profissão seguir nem como estruturar a carreira. A principal dúvida geralmente está entre cursar Enfermagem ou Medicina. Acontece que algumas pessoas estão apostando em uma formação ampliada que satisfaça seus interesses, optando por fazer as duas graduações.

Tanto para quem ainda não fez nenhuma graduação quanto para quem já se formou em Enfermagem, a continuação em Medicina pode ser uma alternativa interessante. 

Mas será que essa forma de construir a carreira vale mesmo a pena? O esforço em fazer dois cursos pode ser proveitoso, acadêmica e profissionalmente falando?

Preparamos este post com o intuito de esclarecer melhor essas questões e mostrar as vantagens em cursar Enfermagem antes de Medicina. Confira!

Conheça mais a atuação dos profissionais 

Os enfermeiros estão na linha de frente do cuidado mais direto com os pacientes. São responsáveis por realizar atividades relacionadas ao zelo e bem-estar dos enfermos.

Esses profissionais são divididos em áreas de especialidade e atividade dentro dos centros hospitalares. São eles que acompanham de perto o progresso dos pacientes e fazem a mediação entre estes e o médico.

Já o médico é responsável por examinar, diagnosticar e conduzir o tratamento dos pacientes. Toda avaliação e tomada de decisão em relação a tratamentos são feitas pelos médicos, que também atuam de acordo com suas áreas de especialização. 

Entenda os cursos de Enfermagem e Medicina

Muitas vezes, o que define a escolha de uma ou outra profissão são as condições para a realização do curso. O curso de Enfermagem dura menos, é geralmente mais barato, menos concorrido e mais adaptável para quem precisa trabalhar enquanto estuda.

O curso de Medicina é um dos mais concorridos no Brasil, as mensalidades são mais altas e a carga horário é intensa. Dificilmente alguém consegue conciliar trabalho e estudo durante essa graduação. 

Por essas características, muita gente opta por cursar Enfermagem primeiro a fim de alcançar certa estabilidade e, posteriormente, dedicar-se ao curso de Medicina.

Mas será que fazer isso realmente vale a pena? Vamos falar melhor sobre as vantagens em estruturar a carreira dessa maneira!

Comece a estudar logo

Muitos alunos passam anos em cursinhos esperando a oportunidade de entrar no curso de Medicina.

O problema é, além de o curso ser um dos mais concorridos em qualquer universidade, os valores das mensalidades também são altos. Isso dificulta o ingresso de alunos nas salas de aula.

Contudo, o curso de Enfermagem é mais acessível e flexível. As mensalidades mais baixas e a menor concorrência no vestibular tornam a aprovação mais fácil.

Portanto, uma das principais vantagens de estruturar a carreira dessa forma é começar a estudar mais cedo. Para quem quer começar logo a formação superior, cursar Enfermagem pode ser uma ótima oportunidade. O aluno vai conseguir entrar e se manter na universidade com maior facilidade.

Aproveite matérias

Existe uma outra vantagem em cursar Enfermagem antes de Medicina é o aproveitamento de matérias.

Algumas disciplinas dos cursos são as mesmas ou muito parecidas, portanto, é possível eliminar conteúdos e diminuir o tempo de duração do curso de Medicina, que é bastante longo. 

Além do aproveitamento de disciplinas obrigatórias para a formação, ao realizar a segunda graduação você já terá uma bagagem de conhecimento muito grande que vai ajudar no processo de aprendizagem. Uma vez que você já entrou em contato com muito conhecimento sobre a área da saúde, o conteúdo será assimilado mais facilmente.

Tenha uma formação mais sólida

Certamente, a absorção do conteúdo é reforçada no caso de quem faz os dois cursos, tornando a formação do profissional mais bem fundamentada.

Quem passa pelos dois cursos tem uma bagagem teórica e prática muito maiores, um conhecimento ampliado e uma visão mais completa das demandas que chegam até os profissionais.

Embora os conteúdos sejam próximos, há muita diferença no que é ensinado em um curso e no outro. Com isso, o aluno aprende muito mais coisas e tem domínio sobre um leque de informações e conteúdos. A consequência disso é uma melhor preparação teórica para a atuação profissional no mercado de trabalho.

Construa uma carreira promissora

Por falar em trabalho, outra vantagem em cursar Enfermagem e depois Medicina está na construção da carreira profissional.

Os profissionais com maior formação e currículos mais extensos são mais bem valorizados, ou pelo menos saem na frente na hora de conseguir empregos.

Em termos de empregabilidade, a dupla formação abrirá mais portas de atuação e pode melhorar também os salários. 

Já em termos de qualidade de trabalho, você terá mais experiência e conhecimento para atuar profissionalmente. Além disso, uma visão mais completa e integrada vai ajudá-lo a avaliar as situações e buscar por soluções mais eficientes diante dos problemas do cotidiano médico. 

Escolha o curso com base nos seus interesses pessoais 

Agora que você já conhece algumas vantagens de estruturar sua carreira a partir da formação em Enfermagem e Medicina, você deve estar se perguntando se esse seria um bom caminho para você.

Primeiro, é importante pensar sobre seus reais interesses. Caso só tenha certeza de que quer atuar na área de saúde, mas não sabe bem qual o curso, começar pela graduação em Enfermagem pode ser uma boa porta de entrada. 

Por isso, avalie o que você quer para sua vida. Pergunte-se:

  • Qual rotina de trabalho você gostaria de ter?
  • Quais tipos de relacionamento gostaria de estabelecer com os pacientes?
  • Quais atividades gostaria de realizar?
  • Como você se vê no futuro?

Essas questões ajudarão você a perceber qual caminho seguir profissionalmente e a tomar as melhores decisões.

Como você viu, cursar Enfermagem antes de Medicina pode ser uma ótima oportunidade de adquirir maturidade profissional, ampliar o conhecimento e as possibilidades de atuação. Isso, de forma mais flexível e acessível. 

O curso de Enfermagem oferece facilidades em relação ao curso de Medicina que ajudam o aluno a ingressar na universidade e obter seu diploma para começar a trabalhar mais rapidamente.

Além disso, após cursar Enfermagem, caso queira se tornar médico, o curso também será amortecido com o aproveitamento de matérias, deixando a formação menos trabalhosa. 

Ficou interessado no curso de Enfermagem? Para saber mais sobre o funcionamento do curso, entre em contato com a gente!